PressReleases

11/11/2019

Klabin reduz emissão de Gases do Efeito Estufa e recebe Selo Clima Paraná

Klabin reduz emissão de Gases do Efeito Estufa e recebe Selo Clima Paraná 

Iniciativa busca estimular as empresas a medir, monitorar e reduzir emissões que contribuem para mudanças climáticas

Paraná, 11 de novembro de 2019 – A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, teve suas quatro unidades no Paraná reconhecidas, na última quinta-feira (7), pela Federação das Indústrias do Paraná, em Curitiba, com o Selo Clima Paraná, que destaca as empresas que formulam e publicam inventários de suas emissões de Gases de Efeito Estufa auditados pelo Inmetro. Rio Negro, Paranaguá, Monte Alegre e Puma receberam a certificação, sendo que as duas primeiras receberam o Selo Clima Paraná Ouro e as demais foram contempladas com o Selo Clima Paraná Ouro Plus, por apresentarem também, redução de gases superior a 0,5% ao ano.

 

“O reconhecimento com o Selo Ouro reforça o nosso compromisso com o desenvolvimento sustentável, pautado por nosso compromisso ambiental. Este ano ainda fomos contemplados com a categoria Ouro Plus para Monte Alegre e Puma, reforçando o forte trabalho realizado pela empresa para redução do consumo de óleo combustível, priorizando a biomassa (combustíveis renováveis) para geração de energia. Seguiremos atuando para conter, cada vez mais, a emissão de gases e contribuir positivamente para o aquecimento global”, destacou o gerente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Klabin, Júlio Cesar Batista Nogueira.

 

O modelo de gestão ambiental, que contribui para a melhoria operacional e de processos e a ampliação da presença de fontes renováveis na matriz energética da Klabin, reflete-se em importantes resultados nessa área, como a redução na emissão de Gases de Efeito Estufa.  Atualmente, a companhia mantém uma matriz energética proveniente 89,1% de fonte renovável, gerada a partir de produtos de origem florestal. Segundo os dados de 2018, foram emitidas 6,1 milhões de toneladas de CO2 equivalente, mas a operação florestal removeu 11,2 milhões de toneladas de CO2 equivalente, resultando em um saldo positivo de 5,1 milhões de toneladas de CO2 equivalente. Isso significa que a sua base florestal remove mais dióxido de carbônico da atmosfera do que é emitido em todas as suas unidades industriais.

 

No Paraná, a Klabin apresentou no último ano uma redução de 6% das emissões de Gases de Efeito Estufa do Escopo 1 em relação a 2017.

Relatórios de sustentabilidade

Tópicos mais buscados

O que procura?